quarta-feira, 21 de maio de 2008

A Língua Nacional

Hoje é o Dia da Língua Nacional. Escrevo este artigo para celebrar a data, e para mostrar minha opinião sobre a beleza e a grandiosidade da Língua Portuguesa.
O português, com suas variações, é falado em países de todos os continentes do planeta. Na América, é a língua nacional do Brasil, como já se sabe. Na Europa, é a língua de Portugal, do arquipélago dos Açores e da Ilha da Madeira. Na Ásia, é utilizado em Macau e Goa. É o idioma de vários países africanos, como Angola, Guiné-Bissau e Moçambique, do arquipélago de Cabo Verde e das ilhas de São Tomé e Príncipe. E é também falado na Oceania, no Timor Leste. É também utilizado em algumas povoações estrangeiras, e misturado com outros idiomas em certas localidades.
As variações são numerosas entre os países praticantes do idioma, e se devem principalmente às diferenças nos fatores geográficos e sociais. Exemplos: se você pedir um durex para um vendedor em Portugal, vai receber um preservativo. E se perguntar para alguém onde fica o banheiro, a pessoa indicará a você a localização do salva-vidas mais próximo.
Assim como várias outras línguas (espanhol, francês, italiano, romeno, etc.), o português é uma língua românica, por ser derivada do latim. E também da mesma maneira que acontece com outros idiomas, o português não pára de crescer. Além das gírias comumente aceitas e adicionadas ao seu vocabulário, surgem estrangeirismos e neologismos, que muitas vezes também acabam sendo aceitos formalmente. Isso prova que a evolução lingüística ocorre de maneira liberal, e rápida.
Infelizmente, muitas palavras do português são freqüentemente adaptadas para que sejam usadas de maneira vulgar. Novas palavras também são criadas com freqüência, e utilizadas de modo desprezível. Isso acaba criando conflitos entre diversas parcelas da sociedade, pois muitos indivíduos se sentem ofendidos e alegam que a língua portuguesa também sofre grande ofensa. Esses hábitos recentes de modificação lingüística são observados principalmente nos ramos musical e humorístico.
Mas hoje é também o Dia Mundial do Desenvolvimento Cultural. A data foi criada pela UNESCO para incentivar o desenvolvimento da cultura, e para mostrar que esta tem, atualmente, grande diversidade, principalmente no Brasil.
Como conciliar, então, desenvolvimento cultural com tradições da língua portuguesa? Eu, sinceramente, não sei. Mas creio que essa não seja uma questão muito importante na sociedade atual. A diversidade e a evolução da cultura crescem muito a cada ano, e muitas tradições são perdidas ou esquecidas. Há quem diga que esse fato é bom, e há quem diga que é ruim.
Eu apenas me esforço para aprender o português correto, nos padrões da gramática da língua portuguesa. Acredito que todos deveriam fazer o mesmo, pois, como dizia uma personagem de um dos seriados mais famosos e divertidos já criados, “O português é um idioma tão bonito quando falado corretamente...”.

3 comentários:

Anônimo disse...

E é extremamente triste uma conversa virtual nesses chamados Instant Messengers ou em salas de bate-papo que esses sites de hoje oferecem. Tudo é feito para facilitar a comunicação, porém, a nossa língua nacional é totalmente mutilada durante a conversação. Como podem juntar 2 ou 3 letras que significam palavas e, com isso criar uma frase? E o mais interessante é que é muito bem entendido.

Anônimo disse...

Grande Leonardo! Sábias palavras!

- Mariana - disse...

Olha só que coincidência! Primeira vez que entro em teu blog e aqui está um texto sobre a Língua Portuguesa, sendo lido justamente por mim, estudante de Letras.
"O Português é um idioma tão bonito quando falado corretamente..." Porém, quem aqui sabe falar e escrever corretamente o português padrão que atire a primeira pedra...rs
Mesmo estudando profundamente a língua, as pessoas cometem erros. Não há nada de horrível em falar, por exemplo, "os menino", pois o "os" já indica plural, não havendo necessidade de pluralizar o restante para ser entendido. Não há nada de feio nisso, quando quem fala é alguém sem estudo ou mesmo quando você está em uma conversa informal. O português para mim, é lindo mesmo quando falado coloquialmente.